Notícias do Grupo Werlang

Soja: Mercado trabalha com volatilidade na Bolsa de Chicago nesta 6ª feira

(Fonte: http://goo.gl/d6LndV)

 
Na sessão desta sexta-feira (5), os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago operam com intensa volatilidade. O mercado já testou os dois lados da tabela e, por volta de 12h20 (horário de Brasília), perdiam entre 4,50 e 5,75 pontos nos principais vencimentos, com o novembro/15 a US$ 9,18 por bushel. Mais cedo, as cotações registraram ligeiros ganhos e, na sessão anterior, fecharam com altas de dois dígitos.

Segundo explica Bryce Knorr, analista do site internacional Farm Futures, o mercado caminha de lado observando, de um lado, a preocupação com o excesso de chuvas no Meio-Oeste americano – o que poderia comprometer o bom desenvolvimento do plantio – e, ao mesmo tempo, o andamento do dólar, além dos últimos números que chegam das safras da América do Sul.

A moeda norte-americana, nesta sexta, subia mais de 1% frente ao real e registrava ganhos ainda no cenário exterior frente a outras divisas, fato que pesa sobre a formação dos preços no mercado futuro americano. Dados mais otimistas sobre a economia norte-americana, como a criação de empregos bem acima do esperado, estimularam esse avanço do dólar.

Ao mesmo tempo, as notícias de que as chuvas têm se intensificado no Meio-Oeste americano e poderiam desacelerar o plantio da oleaginosa dão suporte às cotações, ainda segundo explicam os analistas, já que começam a entrar no radar dos traders. No pregão anterior, as cotações encerraram os negócios com bons ganhos.

Em alguns estados como Iowa, por exemplo, um dos maiores produtores de soja dos EUA, o plantio já estava concluído, até o último domingo, em 70% da área contra 92% no mesmo período do ano passado.

 

 

Fonte: http://goo.gl/SKS5wl