Notícias do Grupo Werlang

Clima: Semana começa com chuvas no Mato Grosso e no Rio Grande do Sul

54033bf30e79b789aed657b02cf0a85f
Ilustração

 

Muitas áreas de instabilidade podem ser observadas sobre a metade norte do Mato Grosso nessa manhã de segunda-feira, com isso, chuvas fortes já são registradas sobre a áreas, beneficiando muito lavouras de milho e algodão safrinha. Há registros de chuvas também sobre o Pará e faixa leste do Rio Grande do Sul. Além disso, áreas de instabilidade estão conseguindo se propagar sobre toda a região Sul do Brasil, o que poderá trazer pancadas de chuvas isoladas para os Estados de Santa Catarina e Paraná durante o dia, em especial à tarde, por conta do calor. Essas chuvas também irão beneficiar muito lavouras de segunda safra e até mesmo o plantio das lavouras de inverno, como  trigo. Na faixa sul e leste de São Paulo e sul de Minas Gerais também poderão ocorrer pancadas de chuvas isoladas entre a tarde e noite dessa segunda-feira, devido a associação das áreas de instabilidade associadas ao forte calor. Porém, no interior de São Paulo e em, praticamente toda Minas Gerais o tempo seguirá firme, sem previsões para chuvas e muito calor. O que está afetando muito lavouras de milho safrinha e demais culturas. Mato Grosso do Sul e Goiás seguem com tempo firme e sem previsões para chuvas nessa segunda-feira. No Matopiba há previsões para pancadas de chuvas isoladas sobre toda a região nessa segunda-feira.

E esse deverá ser o padrão do tempo ao longo da semana. Chuvas mais concentradas sobre o Sul e Norte do Brasil, com possibilidades para pancadas de chuvas sobre a faixa oeste de Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul. Nas demais regiões do Brasil, o tempo seguirá firme e temperaturas bem acima da média para essa época do ano. A partir de amanhã as chuvas também diminuem e até cessam sobre a região do Matopiba. E tais condições meteorológicas estão agravando o desenvolvimento do milho e algodão segunda safra. Onde já começam a aparecer reduções mais significativas de produtividade, uma vez que grande parte do milho das principais regiões produtoras estão em fase de pendoamento e granação. Para a colheita da cana de açúcar esse tempo firme vem ajudando muito.

As chuvas só deverão retornar às regiões produtoras do Mato Grosso do Sul, Goiás, cerrado mineiro e interior de São Paulo somente no final da próxima semana. No Mato Grosso, apesar das chuvas desse começo de semana, chuvas generalizadas sobre todo o Estado somente no final do mês. E no Matopiba, as chuvas só deverão retornar entre o final de abril e começo de maio.

 

Fonte: http://goo.gl/XZkM6D