Notícias do Grupo Werlang

Agricultores do PR esperam a chegada do frio para iniciar plantio de trigo

Trigo
( Deral estima que atraso no plantio não deve afetar área cultivada com o cereal no estado.  Foto: http://goo.gl/Rc77DF )

 

Calor das últimas semanas atrasou início da semeadura em lavouras das regiões Norte, Oeste e Sudoeste do Paraná, de acordo com o Deral

 

Os agricultores do Paraná aguardam a chegada do frio nessa semana para compensar o atraso no plantio de trigo no estado. Nas regiões Norte, Oeste e Sudoeste, a plantação começa anualmente no mês de março. O prazo para plantio, no entanto, é grande e vai até maio. Por isso não deve haver prejuízos sobre a área inicialmente destinada à cultura do trigo no estado, de acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab).

Carlos Hugo Godinho, analista do Deral, relata que hoje os produtores do Paraná possuem boa capacidade de plantio. Por mais que haja atraso no início da plantação, segundo ele, há tempo hábil para compensar. “Maringá, por exemplo, conseguiu plantar 30% do trigo esperado em uma semana, já na expectativa da chuva que caiu ontem”, exemplifica. Ele prevê que na quinta-feira (28) o Deral terá uma estimativa de quanto trigo já foi plantado no estado.

O especialista explica que há um mapeamento por município com prazos estimados para plantio do trigo em cada cidade. “Não acredito que esse atraso no plantio vá interferir na área, de fazer o produtor deixar de plantar por não ter conseguido fazer o plantio no tempo adequado.”

Estimativa de produção

O Deral espera para este ano uma diminuição de 11% na área plantada de trigo. Em 2016, devem ser cultivados 1,2 milhão de hectare do cereal e a produção deve ficar em torno de 3,6 milhões de toneladas se tudo correr dentro do esperado.

 

Fonte: http://goo.gl/O6siuK